A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, da sigla em inglês, International Union for Conservation of Nature) vem inserindo em suas políticas, Resolutions 4.040 at Barcelona (IUCN 2008) e 5.048 at Jeju, Korea (IUCN 2012), o conceito de ‘geo’ como parte integrante da ‘natureza’ nas áreas protegidas e as ligações claras entre biodiversidade e geodiversidade na conservação da natureza.

Em 2014 foi criado um grupo de especialistas em Patrimônio Geológico (Geoheritage Specialist Group – GSG) para facilitar e orientar tecnicamente a conservação e a gestão eficaz em áreas protegidas. Abaixo o primeiro newsletter compartilhado por este grupo.

https://dl.dropboxusercontent.com/u/3310206/IUCN_GSG_Newsletter_April_2015.pdf

Recentemente também foi lançada pela IUCN a publicação sobre gestão de áreas protegidas intitulado “Protected Area Governance and Management”, onde a geodiversidade é reconhecida como parte integrante da natureza e, como tal, deve estar totalmente integrada na gestão destas áreas.

http://press.anu.edu.au/titles/protected-area-governance-and-management-2/protected-area-governance-and-management/

Este e-book apresenta um capítulo dedicado a Geoconservação em Áreas Protegidas com orientações sobre como os aspectos da geodiversidade se relacionam com o estabelecimento e gestão eficaz das áreas protegidas (Capítulo 18).

http://press.anu.edu.au/wp-content/uploads/2015/02/CHAPTER18.pdf

A publicação da IUCN ratifica o reconhecimento que esta temática vem alcançando dentro desta instituição internacional, mostrando o valor e a integridade de ambos os processos bióticos e abióticos na conservação da natureza.

Excelente oportunidade para avançarmos com estas discussões no país e integrar estas diretrizes internacionais nas políticas públicas brasileiras.

Boa leitura!